sexta-feira, 29 de Outubro de 2010

Hospital das palavras - ortografia com prazer

Disciplina: Língua Portuguesa/Literatura
Ciclo: Ensino Fundamental - 1ª a 4ª
Assunto: Trabalhar ortografia de maneira eficaz sem cópias e brincando
Tipo: Jogos
Onde encontrar: Simone - sissylima@portalpositivo.com.br

A criança não aprende somente através da repeticão. ela aprende também através dos jogos e brincadeiras. O Hospital das Palavras tem objetivo de trabalhar a ortografia de maneira que, através de uma simples brincadeira de médico, a crianca aprenda a escrever a palavra e tirar dúvida de ortografia.

Em uma cartolina, escreve com letras grandes HOSPITAL DAS PALAVRAS. Em um lado maio da cartolina, escreva leitos, no lado menor, UTI.

Comece a aula explicando aos alunos que, assim como nós vamos ao médico quando estamos doentes, nossas palavras também irão ao hospital quando precisarem de medicacão. Explique como funcionará o hospital, os alunos serão os médicos e enfermeiros, a professora será a diretora do hospital. (Dependendo da turma pode-se escolher um aluno para representar o diretor).

A cada semana escolha uma atividade, producão de textos, por exemplo, e retire as palavras que possuem erros ortográficos para mandar para o hospital. O aluno deverá escrever as palavras as quais possuem erros corretamente e fixar na cartolina.

No decorrer da semana, os alunos deverão medicar as palavras doentes, através de leituras de cada palavra e atividades sugeridas pela porfessora qua trabalhaem com as palavras doentes. (cruzadinhas, caça palavras, ditado mudo, jogo da forca, etc). Para dar alta às palavras, é preciso que os alunos facam uma atividade na qual a professora avalie quantos acertaram e quantos erraram cada palavra.

Quando a maioria dos alunos acerta uma palavras ela tem alta do hospital, pois já está melhor de saúde. Quando muitos erram a mesma palavra então ela é encaminhada para a UTI.

Nessa atividade que dura por tempo indeterminado, os alunos aprendem ortografia brincando, sem ter que copiar 20 vezes cada palavra.

Autor(a): Simone Guimarães Ferreira de Lima



Sem comentários:

Enviar um comentário