quinta-feira, 24 de Março de 2011

Como trabalhar com o 1º ano?

Olá, amigos

Esse post é para tirar algumas dúvidas de professores que trabalhavam anteriormente em anos diferentes e agora estão com um 1º ano. Segue abaixo algumas sugestões de colegas que trabalham com o primeiro ano há algum tempo.

Solicitação de ajuda: Olá, professores do grupo Professores Solidários.

Estou muito angustiada, pois sempre trabalhei com quinto ano e esse ano estou com um primeiro ano. Vejo as atividades que vocês mandam, mas não consigo trabalhar, tenho a sensação de que não estou ensinando nada. Por favor iluminem minhas ideias.

Um beijo
Aline

Respostas de muitos amigos do Grupo

Oi, querida Aline
Todos nós passamos por esse momento. Não há o que se preocupar, aliás, o fato de pedir ajuda é muito importante, pois mostra que você é uma professora comprometida.
Veja as dicas da professora Sonia Ubeda no blog, se tiver alguma dúvida em relação ao que está postado, por favor, nos retorne, dia a dia vamos lhe ajudando.
http://professoressolidarios.blogspot.com/search/label/Atividades%20d...
Há outras professoras alfabetizadoras no Grupo também, creio que assim como a Sonia, elas ajudarão você.
Bjs
Susana Sol
Owner do Grupo

***********


Olha, não tenho experiência com essa turma, mas sempre troco figurinhas com uma professora excelente de minha escola que trabalhou o ano passado e esse ano com o 1º ano.

Ela me disse que é muito importante trabalhar a rotina com eles, ela sempre faz a contagem de alunos, coloca os dias no calendário, escrevem os nomes deles, ela lê muito para eles e deixa que eles leiam também(claro que apenas olhar as figuras, mas, vão se interessando por leitura).

Eles devem cantar muito: tem música para os dias da semana e outras. Cantam o suco gelado recitando as letras do alfabeto.

Eles também precisam de muita coisa material, você trabalha com brincadeira, o lado lúdico deve estar presente em tudo. Vão aprender brincando.

bjs e boa sorte
Sonia Ubeda
moderadora


***********
Olá, Aline

Sei bem o que você está sentindo, no começo é assim mesmo porque você estava acostumada com o ritmo do 5º ano e agora com a turma do 1º parece que nada funciona não é? Peça orientação a sua orientadora, tenho certeza que você está fazendo o melhor, se oriente através dos livros específicos para essa idade, faça sondagens com a sua turma com palavras mais simples, faça ditados, dessa forma você verá se eles estão progredindo ou não.

Não se assuste, também sou professora alfabetizadora somente há 3 anos, antes trabalhava com a turma do 3º ano e tomei um baque no início, mas peguei algumas coleções de alfabetização e pedi ajuda à minha orientadora, erramos algumas e nos sentimos péssimas, mas na maioria das vezes nós acertamos e pelo simples fato de você estar procurando ajuda mostra-nos que é uma professora comprometida.

Se precisar estarei aqui
Abraços
Sam
***********

Amiga Aline
Não fique assim, isto aconteceu comigo no ano passado, e para minha sorte, todos os indisciplinados estavam na minha turma. Mas, como diz a Sonia, nosso trabalho é de formiguinha, não perca o sono, não se desespere, você vai conseguir, pois o resultado você só vai ver no final do ano.

Se console comigo, pois este ano, troquei de escola, estou em uma da rede particular, as professoras peneiraram e como fui a última a chegar, peguei "os" alunos, rsrsrs.... tenho 2 hiperativos com laudo, quando chega na sexta-feira só tem meus cacos rsrsr... Deus nos dá sabedoria amiga.

Fique calma, explore neste primeiro momento o alfabeto e numeros, vogais, encontro vocálicos.. . e o lúdico, afinal de contas só são crianças.
Bjos

***********
Aline
Também tenho uma turma de 1º ano, e é realmente muito angustiante, parece que não estamos desenvolvendo nada com eles, mas é assim mesmo.

Trabalhe muito com o nome deles, tem várias atividades bacanas com os nomes dos alunos, usando fotos inclusive, chamada da classe em um cartaz, para visualização dos nomes dos colegas, trabalho com fichas e prismas de nomes, o ano todo você trabalhará com o nome deles e dos amigos de classe.

Trabalhe bastante também com textos de memória (que eles sabem de cor), como músicas, parlendas, quadrinhas, trava-línguas, para que encontrem as palavras fazendo uma pseudo leitura.

Fiz o curso Letra e Vida e consegui encontrar bastante subsídios e conhecimentos para lidar com essa fase de alfabetização.

Força, querida!
Beijos

***********


Aline, querida.

Tenho 23 anos de sala de aula, fora o tempo de auxiliar de classe. Já atuei em todas as séries e até em supervisão educacional do município onde moro.

Querida, não se assuste, cada ano é um ano, completamente diferente, cada classe é ímpar, cada criança com suas particularidades, seja de que forma for, são especiais, mesmo que fique vários anos no mesmo segmento.

Mesmo se repetíssemos todo o planejamento de um ano para outro, no caso de não mudarmos para um ano consecutivo, seria diferente. Pessoas não são iguais, mesmo entre gêmeos univitelinos, isso foi a grande sacada do Pai Criador, a individualidade!

Esse é o nosso desafio, conviver com as diferenças, as mudanças... Aceite-os sempre sem medo, dê o melhor de si, estude, busque, pesquise, seja ponderada, procure a história de suas crianças e anote, olhe nos olhinhos deles e aprenda como pensam, eles te ensinarão como conduzi-los.

Lembre sempre que se dermos o melhor e fizermos nossa parte, alguém estará zelando por nós.

Deus é Pai e Mãe, principalmente, de todos nós angustiados por Educar.
Mil beijos e siga em paz, acalme seu coração.

Tia Paula - Moderadora

***********

BOA TARDE A TODOS

Li as colocações em relação ao trabalho das professoras referente ao 1° ano, tenho a acrescentar que temos que ser dinâmicos, o interessante é utilizar-se bastante do lúdico em sala de aula, os recursos audiovisuais são importantes também.

Acho interessante e sugiro para essa etapa de alfabetização aos alfabetizadores a leitura de Emília Ferreiro e Paulo Freire, são inspiradores; mas nessa etapa, colocou bem a professora Paula, cada turma é uma experiência nova, não há fórmulas, no decorrer do ano vamos construindo nossa metodologia, a partir de nossos alunos e do meio onde vivem.

Devemos valorizar o que sabem e o conhecimento que eles têm, na realidade eles, na sua maioria, não sabem ler e escrever nosso mundo letrado, mas tem uma leitura de mundo e uma percepção bem interessante do seu cotidiano. Espero ter contribuído. Sempre é bom falarmos sobre educação.

Anderson Souza

***********

Querida Aline, 

Sou professora do 1º ano e adoooro e tenho certeza que você vai amar também... é um desafio, mas totalmente gratificante.

Eu trabalho da seguinte forma, trabalho muito, mas muito mesmo leituras, todos os dias com histórias, músicas, trava-línguas, parlendas, quadrinhas, poemas e etc...

Quando leio converso sempre com eles na rodinha sobre o que eles acharam da leitura, o que eles entenderem e assim por diante... Após essa leitura, dependendo do seguimento, você poderá pedir para algum coleguinha fazer o reconto oral, sempre tem um na turma que vai querer fazer, depois com o tempo você vai escolhendo o aluno, para aqueles que são mais tímidos.

As atividades serão de acordo com o tema abordado na leitura do dia... ou seja, caça palavras, escrita de palavras no quadro para trabalhar a oralidade, personagens, título e assim por diante, você pode trabalhar com acróstico. O importante é você trabalhar junto com a turma, você não escreve logo, mas faz o questionamento e deixa a turma pensar e responder. Em seguida, com atenção da turma você vai fazendo a intervenção. De que forma? Questionando, qual a letra, essa letra eu posso escrever outras palavras, como por exemplo: Quem sabe? E assim vai.

Eu utilizo muito as sílabas oralmente com a minha turma e mostrando sempre no quadro as letras da sílaba e como eu faço a leitura. Sempre faço isso, com isso estou trabalhando o alfabeto.

Também trabalho com alfabeto móvel para construir palavras e muita pesquisa. Ao invés de ter as letras do alfabeto, cada aluno pega uma revista e pesquisa as letras da palavra em destaque e eles formam no caderno.

A ordem alfabética também é uma boa atividade e, sempre na sexta feira, faço um auto ditado com a turma. Esses eu não entrego, ficam comigo para eu poder avaliar o rendimento da turma.

Faço 4 ditados anuais individualmente com a minha turma, ou seja, no início do ano para saber o nível dos alunos e depois de acordo com os bimestres.

Como é esse ditado individual:

Escolho um campo semântico, por exemplo, material escolar, pode colocar no inicio os desenhos e trabalhando individualmente com cada aluno. Peça para ele dizer o nome do material e depois peça para ele escrever, em seguida mesmo que ele não saiba, peça para ele ler o que escreveu.

Trabalho também textos pequenos para levarem para casa e os pais fazerem a leitura para eles, isso durante o ano todo, depois eles é que irão ler esses textos e também na sala de aula.

Minhas turminhas de 1º ano, a maioria, terminaram alfabetizados. Já trabalho há 7 anos com alfabetização e cada ano eu tirava o que não dava certo e colocava outras maneiras de trabalhar e assim por diante.

Todas as dicas que os colegas deram a respeito de como alfabetizar são válidas e verdadeiras, mas você tem que tentar e observar o que dá certo na sua turminha, o que não conseguir resultado você tenta de outra maneira.

Sempre escolho na semana um tema que foi trabalhado para fazer trabalhos de artes, tipo alguma produção que eles levem para casa e eles adoram, tais como: dobraduras, dedoches e assim por diante.

Trabalho também com rotinas, ajudantes, aniversários, quantos somos, calendário e etc...

Um beijo e boa sorte..

***********

Olá,
Estou com esta sala também, o trabalho é bastante árduo, trabalho com eles a rotina, ajudantes do dia, calendário, leitura todos os dias. Escrevo na lousa, contamos as letras, os alunos, os nomes dos ajudantes.

Há muita música e jogos com as letras do alfabeto. Esta semana estou fazendo atividades com os nomes, distribui peixinhos feito em cartolina, cantamos “se eu fosse um peixinho” retiro três peixinhos da caixa e então vamos analisar os nomes (quantas letras tem, com qual começa, nomes iguais) eles estão adorando!

Depois registramos na folha, enviarei o modelo. A semana que vem eu e a outra profª vamos trabalhar a musica da dona aranha, peguei algumas atividades no grupo e adaptei aos meus pequenos. E assim, como disse a Sonia, é um trabalho de formiguinha e olha que tenho 3 que não reconhecem o nome e um
aluno que parece ser autista.

Por isso, não se desespere, é assim mesmo, qualquer coisa peça socorro temos aqui excelentes alfabetizadoras! Estou à disposição.

bjos
Cinthia Guerrero

***********

1 comentário:

  1. preciso de ajuda para alfabeizar .estou com uma turma com dificuldades e não sei o que fazer . me ajude por favor.

    ResponderEliminar