segunda-feira, 28 de Março de 2011

ATIVIDADES PARA ALFABETIZAR UM ALUNO COM DISLEXIA- URGENTE!

Meu aluno tem 9 anos está no 3o ano e não consegue ler nem escrever, mas entende tudoooooooo...tenho feito todos os trabalhos com ele oralmente, mas ele quer tanto escrever...dá pena...eu durmo e acordo pensando nessa criança...já fiz muitos joguinhos pra ele praticar em casa...mas não sei se pratica...não vejo resultados...

Estava pensando no método fônico, silábico....sei lá...qualquer ajuda será bem vinda..
.Pois tenho 30 alunos e não tenho tempo de me dedicar só a ele...preciso de atividades simples ...ele conhece o alfabeto...é excelente em matemática...MAS LER E ESCREVER É SEU MAIOR SONHO...Ele me disse isso numa produção textual que sugeri pra turma...ele claro!

Me contou todos seus sonhos...
Obrigada
xxxxxxxx

Resposta da Ow
ner Susana

Oi, Sonia

Bem vinda à essa escola da vida. Eu já passei por isso. Tive um aluno assim. Leia o post no Blog onde eu ensino como encaminhar: Retório aluno com dislexia

Se ele tem dislexia precisa ser acompanhado por fonoaudiólogo, sozinhas não faremos muito, mas esse profissional especializado irá dar subsídios para você, para a família e a criança terá um atendimento individualizado. Ele precisa disso. Infelizmente esse é o ponto que mais discordo na inclusão, como incluir se essa criança precisa de atendimento individualizado? Como incluir se não tiver um psicopedagogo para trabalhar as questões pedagógicas? Um psicólogo para trabalhar as questões emocionais? Um fonoaudiólogo?

O trabalho é árduo, mas o resultado fascinante. A maior dificuldade deles é a memória. O que você ensina em um dia, no outro ele esquece.

O trabalho é
com o método multissensorial. Não sabemos qual o canal que ele tem mais sensibilidade.
Baixe essa apostila que é bastante conhecida no Grupo: Apostila Método Fônico

Trabalhe por sequências, som por som. Primeiro as vogais, faça-o sentir a vibração, a zona de articulação. Use espelho para que ele veja, pegue as atividades que a Ana Maria organizou e use os encontros vocálicos. Temos uma outra colega que tem um outro material muito bom também, vou pedir pra ela organizar e nos enviar. Veja aqui: Como aplicar o método Fônico

Cole parlendas
curtas e fáceis em um papel cartão. Dê pra ele memorizar o que está escrito. Depois vibre com ele quando ele fizer a pseudo leitura (ler mesmo sem saber ler).

Vamos conversando se quiser. Meu aluno aprendeu a ler, mas ainda tem muito a caminhar. A família precisa saber disso, a escola precisa dar continuidade, eu escolhi e procurei a professora do ano seguinte, sabia que
podia contar, e ela deu continuidade.

Abraços
Susana Sol
Owner do Grupo


Sonia, realmente não dá para trabalhar com o aluno em atividades ou jogos para casa porque ele precisa de sua intervenção pontual para que progrida, ou seja, você precisa lançar perguntas para que ele reflita sobre a escrita.

O aluno, como sabemos, tem direito a recuperação contínua (feita por você durante a aula) e paralela (feita fora do horário de aula) e precisamos garantí-las.

Enquanto os alunos estão realizando atividades que não requeiram sua intevençao, dê atenção particular para ele, elabore atividades que vão de encontro com as necessidades dele, escolha uma amiguinho que tenha paciência e que saiba como ajudá-lo (há alunos que acham que ajudar é dar a resposta, deixar copiar, mas, há outros que ao observarem sua intervenção aprendem o jeito certo de ajudar o amiguinho) vá testando e, quando vc não puder estar com ele esse amigo o auxiliará.

O mais importante vc já tem, o aluno tem interesse, tem vontade e motivação. Isso é muito importante, é o passo inicial. Escolha jogos nos quais ele possa mover letras ou sílabas para formar as palavras, trabalhe com letras móveis porque elas possibilitam que ele teste o lugar certo de cada letra. De início entregue a quantidade e as letras certas, depois, quando ver que já ficou fácil lance desafios como uma letra a mais ou a menos que ele precisa descobrir. Sem desafios não há aprendizagem, não podemos nos esquecer disso.

Trabalhe com ele com listas em atividades de leitura e escrita, com textos que se sabe de cor, com cruzadinhas e caças( palavras no mesmo campo semântico sempre.
Dê uma passadinha no nosso blog, lá há muitas sugestões em Atividades de Alfabetização.

Sonia Regina Ubeda
Moderadora

2 comentários: